Blog

Reabilitação pós-Covid e a atuação da Fisioterapia

fisio1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Lucas Fonseca, 2 de novembro

   

    Desde o final de 2019, o coronavírus tem causado muito impacto em todo o mundo, elevando taxas de internações hospitalares e causando muitas mortes. Mesmo depois de estarem curados do vírus, muitos pacientes apresentam sequelas e precisam de tratamentos para garantir que vão retornar de maneira segura às suas rotinas. Nesse artigo, vamos te apresentar um pouco sobre a reabilitação pós-covid e como a fisioterapia vêm ajudando muitas pessoas atualmente.

Mas, em primeiro lugar, quais são as sequelas mais comuns causadas pela covid?

   Normalmente, essas consequências causadas pela doença estão principalmente relacionadas à fraqueza muscular e respiratória, fazendo com que o paciente tenha dificuldades em se movimentar e não consiga respirar corretamente, ficando muito cansado. Esses sintomas fazem com que muitas pessoas não consigam exercer suas tarefas do dia a dia e fiquem dependentes de familiares e amigos para se sustentarem.

    Nesse contexto, o ramo fisioterapia na reabilitação pós-covid apresenta-se como um grande aliado nos tratamentos cardiorrespiratórios e motores dessas vítimas, e vem ganhando cada vez mais relevância. Os tratamentos têm o objetivo de fornecer mais independência funcional ao paciente, ou seja, garantir que ele consiga realizar as suas tarefas do dia a dia de forma independente, como andar, se alimentar e cuidar da higiene pessoal.

   As sequelas costumam ser ainda mais comuns e mais complicadas em pacientes que foram internados nas UTIs. Nesses casos, existem hospitais que já começam os tratamentos fisioterapêuticos durante o período do paciente dentro da Unidade de Tratamento Intensivo para garantir que ele já saia de lá mais forte

Tratamentos na recuperação pós-Covid

    Por causa das limitações de cada paciente, os fisioterapeutas são capazes de analisar cada caso individualmente para definir os procedimentos ideais de tratamento. Para os tratamentos em si, a fisioterapia na reabilitação pós-covid utiliza diversos exercícios com intensidades adaptadas para cada paciente. Normalmente, inicia-se o tratamento com movimentos deitados, seguindo para movimentos sentados e em pé. A presença de treinos de marcha também é comum, garantindo que o paciente consiga caminhar independentemente ao fim do tratamento.

    Como benefícios desses tratamentos, é muito importante destacar o fortalecimento muscular e das articulações do paciente, flexibilidade, independência motora, melhora do funcionamento dos sistemas cardiovascular, pulmonar e neurológico.

    Atualmente, fisioterapia na reabilitação pós-covid é uma ferramenta muito importante não só para devolver aos pacientes a qualidade de vida que perderam, mas também para evitar problemas de saúde futuros, garantindo uma melhoria na qualidade de vida a longo prazo de qualquer paciente que esteja precisando.

Gostou do assunto? Saiba mais em:

Ficou com alguma dúvida?